Internet é lugar de autoria ou plágio?

Por: Daniele Júlia Nascimento Martí

Com a Web 2.0 nós professores temos um recurso muito eficaz para a promoção de nossa autoria, assim como de nossos alunos.

São recursos e ferramentas que permitem interagir, cooperar e criar pela internet, síncrona e assincronamente. Esses permitem navegar de maneira não-linear pelos conteúdos disponíveis que não param de aumentar em velocidade inimaginável, em todas as áreas do conhecimento. O que permite, também, a exploração no campo do ensino-aprendizagem.

Porém é fundamentalmente necessário que o professor domine esses recursos, não mais mecanicamente, devendo ter fluência tecnológica, não mais de forma minimalista, mas como autor, co-autor, produtor, de conteúdos, fazendo com que o aluno não utilize esses recursos dinamicamente e não mais lidando com conteúdos estáticos, despertando para a criticidade, reflexão, autonomia e autoria a partir de uma leitura crítica dos conteúdos, fomentando a colaboração, comunicação e socialização, tão fundamentais nos dias atuais. Utilizando a Web 2.0 e seus recursos e conteúdos dinâmicos, além dessas habilidades e competências serem desenvolvidas o plágio acaba sendo combatido, pois não se contentará mais com a simples reprodução.


A internet, portanto, deixa de ser um espaço de plágio e passa a ser um espaço de autoria, pois seus usuários, desde que trabalhados para o desenvolvimento de habilidades e competências adequadas passam a produzir conteúdos, valendo-se do que já foi produzido para obter conhecimentos, fazendo uma leitura crítica dos mesmos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A importância de transformar uma cidade em Cidade Inteligente

A Educação que queremos surgirá no pós pandemia

O Desafio da Formação Continuada