Como a Mídia e a Cultura se relacionam em uma Sociedade como a nossa?

Por: Daniele Júlia Nascimento Martí

Infelizmente a mídia  é bastante utilizada ainda, principalmente pela grande massa, para satisfazer necessidades imediatas, para banalidades, e seu verdadeiro potencial não é reconhecido ou utilizado.
Vemos na TV cenas brutais, cenas desmoralizantes (da mulher, da criança, do idoso, do negro...), vemos a banalização do sexo e da violência, mas também vemos programas educativos, de madrugada ou aos finais de semana, bem cedinho. No período de “pico”, ainda assistimos novelas com mulheres e homens traindo-se mutuamente, utiliza-se o humor como apelo, chama-se atenção para corpos esculturais. Apela-se também para a vida bem sucedida após golpes e escândalos.
E, assim caminha a humanidade... a passos largos para o caos. Escolas e professores sendo degradados e humilhados, famílias sendo desfeitas, crianças e jovens afundando-se nas drogas, na prostituição, na pedofilia, crianças (meninos e meninas) animam festas familiares ao som do “Rebolation”, se é assim que se escreve. Pais e mães orgulhosos exibem seusfilhinhos rebolando desde os “cueiros”. Ouve-se professores zombando de músicas de Toquinho e Vinícius. Vemos professores que somente utilizam a internet para participar de redes sociais e de bate-papo e onde sua única leitura (de imagens) é sobre o casamento do cantor sertanejo na cidade vizinha.
Perdeu-se a moral, a ética e a cultura... aquela cultura verdadeira. É urgente educar-se com conotação moral, educar desde as famílias, trazê-las para dentro da escola, “culturá-las”, utilizando-se a mídia, a multi e a hipermídia. Só assim poderemos dizer que a Mídia não é em nossas Vidas, o avião para Santos Dumont.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A importância de transformar uma cidade em Cidade Inteligente

A Educação que queremos surgirá no pós pandemia

O Desafio da Formação Continuada